quinta-feira, 10 de maio de 2012

Ditadura pode aproveitar a crise económica

video

Abra o vídeo e recorde-se do ditado «quem vê caras não vê corações». Jorge Pais de Sousa apresentou em Coimbra um livro que resultou do estudo das origens das ditaduras de Mussolini, Franco, Hitler e Salazar, as quais o levaram a concluir que "O estado de exceção e o estado de emergência económica justificaram, muitas vezes, o fim da ordem democrática e do estado de direito".

Já o artigo A manipulação de um Estado de Direito, aqui publicado dava sinais de perigos preocupantes. Tais perigos foram também objecto de receios, pela lógica da evolução real, no post Sociedade exige ordem, disciplina, respeito, o que impõe cuidados do Poder e dos cidadãos para evitar a fuga de situações equilibradas para extremos intoleráveis que terminam normalmente com actos dramáticos com perda de vidas e de património.

Há quem suspeite que actualmente a ditadura, mais do que do poder interno poderá vir do poder continental ou mesmo mundial pela mão dos que controlam as agências de «rating», as altas instituições de controlo financeiro e os circuitos do mercado fiduciário. É imperioso estar atento à eventual aparição de desvios mórbidos e corrigir em estado precoce os que forem detectados.

Sem comentários: